terça-feira, 11 de julho de 2017

"CORKY LAING" ! "THE COWBELL" MAN!

O CARA É MAIS UMA DESSAS FIGURAÇAS DO ROCK QUE SE VOCÊ ENCONTRASSE AO MEIO DIA NUM BOTECO IRIA VARAR A NOITE TROCANDO IDEIA E CURTINDO AS HISTÓRIAS DESSA LENDA DO ROCK! BATERISTA,MÚSICO COMPOSITOR,ARTISTA E REPRESENTANTE E TESTEMUNHA VIVA DA ERA DE OURO DO CLASSIC ROCK,ESSE CANADENSE AINDA DÁ SUAS CACETADAS E ENCONTRA FÔLEGO PRA FAZER UM SHOW ONDE TOCA BATERA,CANTA E FAZ UM "STAND UP" OU MELHOR SERIA UM "SEAT DOWN" SHOW CONTANDO,TOCANDO E CANTANDO AS HISTÓRIAS DE SUA ÉPOCA E SUA VISÃO DA CENA DE HOJE NO MUNDO!
THE ONLY AND ONE... "CORKY LAING" MR.COWBELL!

EM TERMOS DE GRAVAÇÕES CORKY COMEÇOU EM UM TRIO CHAMADO BARTHOLOMEW PLUS THREE ONDE LANÇOU UM COMPACTO COM 2 MÚSICAS EM 1965! 
DE LÁ PRA CÁ MUITA COISA ACONTECEU COM ESSA LENDA DA BATERA E SEU FEITO MAIS RECONHECIDO DENTRE TANTOS É O FATO DE TER FEITO PARTE DO VISCERAL "MOUNTAIN" E PARCEIRO CONSTANTE DO GUITARRISTA LESLIE WEST! MAS SUA HISTÓRIA NO SHOW BIZZ COMEÇOU COMO ELE MESMO EXPLICA COM UMA CURIOSA SORTE E ESTRELA! ELE ESTAVA COM UM PROJETO CHAMADO ENERGY SENDO PRODUZIDO POR FELIX PAPPALARDI QUE VIRIA A SER SEU COMPANHEIRO DE BANDA NO MOUNTAIN E MUITOS OUTROS PROJETOS! NESSE ÍNTERIM DE GRAVAÇÕES HOUVE WOODSTOCK E PAPPALARDI QUE FOI PRODUTOR DO HENDRIX À ÉPOCA,TOCOU BAIXO PARA LESLIE WEST QUE ESTAVA LANÇANDO SEU DISCO DE ESTRÉIA CHAMADO:MOUNTAIN! ENTÃO COM SUA APRESENTAÇÃO EM WOODSTOCK BEM SUCEDIDA,O PESSOAL PASSOU A CHAMAR O GRUPO DE MOUNTAIN O QUE NÃO ERA A INTENÇÃO ORIGINAL!ACONTECE QUE FELIX QUE TOCOU BAIXO NESSE FESTIVAL ANTOLÓGICO,INCLUIU UMA MÚSICA QUE ESTAVA PRODUZINDO DO ENERGY NO SET LIST ! CORKY NÃO TOCOU EM WOODSTOK! ELE ENTROU MESES DEPOIS NA BANDA! POIS BEM,QUANDO COMEÇOU A ENSAIAR COM O MOUNTAIN,NO ESTÚDIO AO LADO ESTAVAM MIXANDO JUSTAMENTE O DISCO AO VIVO DE WOODSTOCK E PERCEBERAM QUE EM UMA FAIXA DO TEN YEARS AFTER,OS MICROFONES DA BATERA DE RICKY LEE(BATERISTA DA BANDA) PARARAM E ENTÃO CHAMARAM O BATERISTA QUE ESTAVA ENSAIANDO AO LADO PARA COBRIR A FAIXA!! ESSE BATERA COINCIDENTEMENTE ERA CORKY QUE COMEÇAVA OS ENSAIOS COM O REBATIZADO MOUNTAIN DE LESLIE WEST! DEPOIS DE ALGUNS MESES CHEGA EM SUA CASA UM PACOTE QUE AO ABRIR SE MOSTRAVA UM DISCO DE OURO PELA GRAVAÇÃO DA FAIXA PELO TEN YEARS AFTER AO VIVO EM WOODSTOCK E SEMANAS DEPOIS,CHEGOU OUTRO PACOTE IDÊNTICO ONDE CONTINHA OUTRO DISCO DE OURO PELA MÚSICA INCLUÍDA NO DISCO POR PARTE DO SHOW DE WEST! ENTÃO ELE CONTA QUE SEM TER SEQUER ESTADO EM WOODSTOCK,MESES DEPOIS TINHA EM SUA SALA 2 DISCOS DE OURO POR SUA CONTRIBUIÇÃO AO VIVO NO FESTIVAL!!! ISSO É SÓ UMA DAS VÁRIAS HISTÓRIAS QUE ESSE FIGURA TEM PRA CONTAR E DEVE CONTAR NO SEU SHOW DE MEMÓRIAS QUE DEVE SER IMPAGÁVEL!
TECNICAMENTE FALANDO,CORKY FICOU CONHECIDO E RECONHECIDO COMO O EMBAIXADOR DO COWBELL NO ROCK! A FAIXA MISSISSIPI QUEEN DO SEU PRIMEIRO ÁLBUM COM O MOUNTAIN SE TRANSFORMOU NUMA MARCA REGISTRADA E INFLUENCIOU MUITOS BATERAS CONSAGRADOS QUE HOJE SÃO CONHECIDOS INCLUSIVE POR SUCESSOS USANDO O PRÓPRIO COWBELL EM SUAS MÚSICAS! PETER CRISS DO KISS É UM DELES E ELE CONTA NUM LINK QUE DISPONIBILIZAREI ABAIXO COMO FICOU ENCANTADO A PRIMEIRA VEZ QUE VIU CORKY FAZENDO VÁRIAS DINÂMICAS NO COWBEEL NUMA APRESENTAÇÃO E ISSO O INFLUENCIOU A USAR O COWBELL EM SEU KIT E ARRANJOS E NO KISS PODEMOS PERCEBER QUE EXISTEM MÚSICAS MUITO CARACTERÍSTICAS COM ESSE ACESSÓRIO! 
NESSE PRIMEIRO DISCO CHAMADO "CLIMBING" VOCÊ PODE VER DIVERSAS MANEIRAS COMO CORKY USA O COWBELL,JUNTO AOS TONS COM ARRANJOS TRIBAIS OU INTERCALANDO COM GHOST NOTES NA CAIXA EM LEVADAS TERCINADAS MAS O MAIS INTERESSANTE É SUA LEVADA COM OS DOIS BUMBOS E O COWBELL QUE FICAM COM UM SOM MAIS VIVO E RESSALTADO! A FAIXA É "SITTIN ON A RAINBOW"..SIMPLESMENTE GENIAL! UMA FAIXA ANTES DESSA ...A "THE LAIRD" SUPER VIAJANTE,ELE USA AS BAQUETAS DE FELTRO,OUTRA DE SUAS MARCAS REGISTRADAS E TUDO ISSO ESTÁ BEM CARACTERÍSTICO A PARTIR DESSE ÁLBUM PRA FRENTE NA SUA CARREIRA! TEVE PARCERIAS COM MUITOS FERAS DO ROCK,ENTRE ELES IAN HUNTER,FELIX PAPPALARDI,JACK BRUCE,MICK RONSON,NOEL REDDING PRA CITAR ALGUNS E COM ELES PRODUZIU E GRAVOU VÁRIOS TRABALHOS DE MUITA QUALIDADE E QUE INFLUENCIARAM E INFLUENCIAM MUITA GENTE ATÉ HOJE!
BOM COM VOCÊS,ESSA FIGURAÇA RO ROCK!
MR.CORKY(COWBELL)LAING!


https://en.wikipedia.org/wiki/Corky_Laing

INTERVIEWS

https://www.youtube.com/watch?v=JvfvsYo0CMg

https://www.youtube.com/watch?v=MMle4wSd9vg

https://www.youtube.com/watch?v=E1qJiRskvIU

https://www.youtube.com/watch?v=uQH5LhitnJk

https://www.youtube.com/watch?v=hctHpb1-vAM

https://www.youtube.com/watch?v=2nyx9lcyKxM

https://www.youtube.com/watch?v=n3Lo7ByEQao

https://www.youtube.com/watch?v=DdPc_wFI7lI

https://www.youtube.com/watch?v=SgMKDd9pYJk&t=49s

https://www.youtube.com/watch?v=QhuvrHUrL-A&t=4s

TESTIMONY ON CORKY LAING BY PETER CRISS

https://www.youtube.com/watch?v=0lKT_tMYsi8

BONZO BASH
https://www.youtube.com/watch?v=5RHdLjsGqY4

RANDY RHOADES REMEMBERED
https://www.youtube.com/watch?v=X3wLuir--0Y

BENEFIT CONCERT
https://www.youtube.com/watch?v=5RK5U790ZEo

BEST SIT IN THE HOUSE
https://www.youtube.com/watch?v=lcCZcNNz1JY

DRUM SOLO AND TESTIMONY
https://www.youtube.com/watch?v=voaXZyAqkiM

ANOTHER INTERVIEW TALKING ABOUT THE WHO
https://www.youtube.com/watch?v=hy-OmzlWHuc

JACK BRUCE TRIBUTE
https://www.youtube.com/watch?v=kCZbaaiBUM0

INTERVIEW 
https://www.youtube.com/watch?v=5AMnTtZGiq4

WEST,BRUCE AND LAING
https://www.youtube.com/watch?v=yMV2he9HhAU

SECRET SESSIONS FOOTAGE FOR THE SONG OUTSIDER!IAN HUNTER,PAPPARALDI,LAING,RONSON PROJECT
https://www.youtube.com/watch?v=YHwQEfqxqdg

PLAYING FOR CORK 
https://www.youtube.com/watch?v=T7-NMq3Uyh0
https://www.youtube.com/watch?v=lE_9NGHqaaE
SHORT DOCUMENTARY
https://www.youtube.com/watch?v=dLVKQu0YMaw

CORKY SHOW
https://www.youtube.com/watch?v=6dedLg2GTwI

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



THE BEGINNING


ALIVE AND KICKING!

WEST BRUCE AND LAING!

FIRST SOLO RECORD!

I AIN´T NO ANGEL!

MOVIE STAR STYLE!

PLAYING "TOM HANKS" CHARACTER!

"YOU KNOW,I COULD PLAY PIANO SMOKING!


"VIOLIKS" OR "STICKOLIN"


FUN TO PLAY!

RECENT GOOD RECORDINGS!


LIVE SESSIONS









WITH "BONZO" DRUM KIT!

                                                    WITH MR.WEST! PARTNERS FOREVER!

THANX MR.COWBELL MAN! GROWIN´OLD WITH ROCK´N ROLL YOU´LL LIVE FOREVER





























quarta-feira, 17 de maio de 2017

NEM SÓ DO RIO VIVE PIRACICABA! NA BATERA:MARCELO SEGHESE

MARCELO SEGHESE ficou mundialmente conhecido por fazer um solo de batera no leito seco do rio de Piracicaba.

Seghese de 35 anos, nascido em Piracicaba-sp começou seus estudos com 14 anos de idade com professor André Moreira na cidade de Piracicaba tendo influência do seu pai Antônio Carlos Seghese pianista e dono de uma banda baile do interior de são Paulo  banda Ecco 2.000 a partir dos 16 anos Marcelo já estava tocando com o pai em sua banda de baile e ai começa sua carreira musical, com 18 anos fez aulas particulares com Alexandre Cunha, Cuca Teixeira, entre outros. Estudou também na antiga U.L.M Universidade livre de música Tom Jobim com professor Lauro Lellis, e Arismar do Espírito Santo.Formou-se em Licenciatura em música pela UNIMEP Universidade Metodista de Piracicaba já tocou com com vários artistas da música da mpb, sertanejo,jazz etc… Sempre participando de vários concursos e festivais de bateria pelo Brasil em 2012 participou do Roland v-drums championship na etapa nacional ficando em terceiro colocado do Brasil onde a partir daí varias portas começaram se abrir, ultimamente Marcelo tem seu próprio estúdio o MS estúdio onde dá aulas particulares de bateria, faz gravações de cd, também da aulas no Instituto Formar-Instituto de aprendizagem profissional, e está lançando seu 1º CD instrumental, com várias participações de músicos renomados do Brasil como Sandro Hayck,Mello Jr,Paulinho Fonseca(Jota Quest) entre outros!

SENHORAS E SENHORES:1,2,3...4,5,MIL PERGUNTAS PARA:MARCELO SEGHESE!

1-O QUE FOI QUE INSPIROU VOCÊ A TOCAR BATERIA?
Minha inspiração foi meu pai, pianista ele sempre teve banda baile, e eu criancinha sempre acompanhei ele com minha mãe, e a bateria me encantou, como encanta qualquer criança quando ela se depara com uma.


2-QUAIS OS BATERAS QUE INSPIRARAM VOCÊ NO COMEÇO DA CARREIRA?

Buddy Rich (tenho uma tatuagem dele no braço direito)Dave Weckl,Simon Phillips, Dennis Chambers,Omar Hakim,Jeff Porcaro

3-VOCÊ ESTÁ LANÇANDO UM CD AUTORAL! CONTE-NOS MAIS SOBRE O PROJETO!

Meu 1º CD instrumental, intitulado “My History”, com participações de músicos renomados nacional e internacionalmente, como Sandro Hayck, Mello Jr., Luizinho Souza, Paulinho Fonseca (Jota Quest), Marcus Cesar entre outros. No CD, busquei explorar diferentes ritmos e gêneros musicais, materializando mais de 20 anos de minha trajetória em batidas, notas e divisões rítmicas, ou seja fiz uma salada rítmica com a intenção de agradar a todos, com ritmos que vão desde rock,jazz,pop,salsa,samba,funk etc….



4-VOCÊ TEM UMA SONORIDADE DE BATERA IDEAL? CONTE NOS COMO IDEALIZA SUA SONORIDADE!

Eu tenho, demorei a chegar nela mas cheguei, minha sonoridade de batera 
simplesmente é em cima das minhas influencias de bateristas que citei acima, procurei juntar todas e chegar em uma sonoridade que me identificasse.

5-VOCÊ TEM OU TINHA UMA ROTINA DE ESTUDOS OU TREINO?CASO POSITIVO,QUAL O TIPO DE TREINO OU MÉTODO USADO?

Sim sempre tive uma rotina de estudos bem regrada, sempre tive em mente separar bem o dia de estudos em partes, primeiro começando com rudimentos, depois combinações frases,improviso, e ritmos. Com isso você consegue ter uma estatística mais detalhada do seu estudo
estudei Stick Control,Carmine Appice,New Breed - Gary Chester,Pozzoli,Syncopation,Bateria Brasileira, Jim Chapin,Afro Cuban Grooves For bass and Drums entre outros


1000-QUAL O KIT DE BATERA PREFERIDO,OU IDEAL PRA VOCÊ? TEM PREFERÊNCIA POR ALGUMA MARCA,TAMANHO,COR? E PRATOS,QUAL O SET DE PRATOS QUE USA E QUAL A MARCA PREFERIDA? FALE SOBRE SEU PEDAL DE BUMBO PREFERIDO!

meu Kit de bateria e da marca DW sempre tive uma paixão por DW meu kit composto por bumbo de 22 tons 8,10,12, e surdos 14, 16, meu set de pratos uso variados de ZILDJIAN e BOSPHORUS Hi-hat 14” Crashs 16” 17” 18” Splash 8” Ride 22” China 18”
uso o Pedal duplo de bumbo da marca Tama Iron Cobra

7-COMO TRABALHA OS ARRANJOS DE BATERA TENDO EM VISTA OS DIVERSOS PROJETOS E ESTILOS? EXISTE DIFERENÇA NO KIT DE UM TRABALHO PRA OUTRO?

trabalho pensando que cada situação e estilo tem a necessidade de criar um arranjo pra aquilo que a música pede, existe sim muita diferença no kit de um trabalho para o outro, no meu Cd dei um exemplo disso, cada faixa gravei com um kit diferente, numa faixa de jazz usei uma bateria bem vintage com um tom um bumbo surdo e caixa, na faixa que foi um rock progressivo gravei com uma nave rs uma batera completa e por ai vai,


8-COMO ANALISA A MÚSICA BRASILEIRA DURANTE ESSES ANOS EM QUE ESTÁ NA MÚSICA?

Analiso que a música brasileira está em uma decadência, hoje em dia não surge algo novo na música um cantor uma cantora ou uma banda que seja para sempre que seja eterna, hoje em dia são descartáveis, eles surgem mas somem, não aguentam ficar no mercado, por não ter capacidade ou pelo mercado ser podre.


9-VOCÊ ACHA QUE MÚSICO/ARTISTA DEVE SE ENGAJAR EM OUTRAS ÁREAS COMO POLÍTICA,RELIGIÃO,FILOSOFIAS DE VIDA,ENFIM,FORMAR OPINIÃO PUBLICAMENTE SOBRE OUTROS ASSUNTOS?

Opinião acho sempre valido seja em qualquer área até por que nos músicos temos uma visão e um pensamento bem próprio uma criatividade fora do comum e com nossas opiniões podemos ajudar em vários outros setores 


10-COMO VÊ O PAPEL DA MÚSICA NA VIDA COTIDIANA DAS PESSOAS E COMO COMPLEMENTO EM OUTRAS ARTES COMO CINEMA E TEATRO POR EXEMPLO!

A música é essencial ela muda um ser humano ela transforma e tem que cada vez mais estar envolvida em cinema,teatro,dança,filmes etc… a música teria que estar obrigatoriamente atingindo toda população, como acho também que todos deveriam aprender algum instrumento mesmo que não seja por profissão mas sim como diversão e uma terapia 


11-COMO PERCEBE A TRANSFORMAÇÃO NO PROCESSO DE GRAVAÇÃO E CONFECÇÃO DE UM TRABALHO DE UMA BANDA?AGORA ESTAMOS NA ERA DO "BANDCAMP","SOUNDCLOUD","YOUTUBE",SPOTIFY! MUDOU MUITO O PROCESSO DE GRAVAÇÃO,PROGRAMAÇÃO VISUAL E DIVULGAÇÃO DE UM TRABALHO!COMO ANALISA ESSA MUDANÇA DE FASE E TECNOLOGIAS? 

Quando o som é agradável e tem algum propósito e um diferencial pode ter certeza vai dar certo. Eu acho que a tecnologia ajudou muito nesse lado da divulgação do nosso trabalho, conseguimos ter acesso fácil a tudo, mas por outro lado por exemplo a venda física do CD caiu muito raramente uma pessoa compra um cd em mãos em uma loja infelizmente é a realidade.

12- VOCÊ PARTICIPA ATIVAMENTE NO PROCESSO DE CRIAÇÃO DAS MÚSICAS DE SEUS PROJETOS? E AS LETRAS, VOCÊ PARTICIPA NA CRIAÇÃO DAS LETRAS? CASO POSITIVO, COMO SE DÃO ESSES PROCESSOS?

participo na criação da parte instrumental da música, já nas letras não sou muito bom rs e deixo pra quem sabe

13-VOCÊ LÊ COM FREQUÊNCIA? SE SIM, QUAL LIVRO, REVISTA, BLOG, EDITORIAL QUE RECOMENDA?

Gosto muito de ler e pesquisar sobre nosso mundo bateristico, a muitos anos sou assinante da revista Modern Drummer, sempre tem um conteúdo bacana para o baterista


14-CONTE-NOS SE POSSÍVEL SOBRE OS SEUS PRÓXIMOS PASSOS!

meu próximo passo é seguir com esse lançamento do meu cd que está acontecendo agora ,trabalhar a venda dele venda física e venda digital que já já deve estar em todas plataformas digitais existentes no mundo, e também  quero viajar cidades levando o show do cd na integra paralelo a workshows, com um evento bem prático e atrativo pra quem participar


15-QUAL A SUA RELAÇÃO COM CRÍTICAS OU DIRECIONAMENTO MUSICAL!EXISTE ALGUM TIPO DE CRÍTICA A PONTO DE INFLUIR NA DIREÇÃO A SER TOMADA,OU VOCÊ QUANDO COMEÇA UM PROJETO JÁ TEM TUDO BEM DEFINIDO SEM MARGEM A MUDANÇAS?

Sim a critica é muito importante temos que saber falar e ouvir, começo um projeto com um objetivo, mas no trajeto dele sempre vou analisando e fazendo mudanças para sempre atingir o desejado e o esperado por mim

16-VOCÊ TEM ALGUMA OUTRA ATIVIDADE ALÉM DE BATERA?

vivo e trabalho por ela, trabalho como professor em um instituto de Aprendizagem Profissional o Instituto Formar onde dou aulas de bateria e percussão, e também tenho meu estúdio que dou aulas particulares

17-VOCÊ TEM ALGUM INTERESSE EM OUTRO TIPO DE ARTE? JÁ TEVE EXPERIÊNCIA EM ALGUM OUTRO TIPO DE ARTE?

já tentei desenhar mas não segui em frente 

18-CONSIDERAÇÕES FINAIS!!

Arthur Agradeço muito poder participar dessa entrevista foi uma honra pra mim, espero que todos possam conhecer um pouco do meu trabalho e curtam meu cd que já deve estar disponível em todas plataformas digitais e também podem comprar diretamente comigo me mandando um e-mail, ou facebook
Muito obrigado a todos e viva a música !

http://www.marceloseghese.com/

https://www.youtube.com/user/marceloseghese

https://www.youtube.com/watch?v=aToe91x0kyc

https://marceloseghese.bandcamp.com/releases

https://www.facebook.com/marcelo.ruizseghese

https://www.facebook.com/MarceloSeghese/

https://www.instagram.com/marceloseghese/

marceloseghese@hotmail.com


CAPA E CONTRACAPA DO CD


                                  ARTIGO DA "MODERN DRUMMER" MAGAZINE

ARSENAL DE DESTRUIÇÃO EM MASSA!


                                                               HASTA LA VISTA ...BABY!



quarta-feira, 29 de março de 2017

HAJA TODDYNHO PRA CHEGAR EM "TODD SUCHERMAN" O #1

TODD SUCHERMAN APARECEU NO MUNDO DO ROCK TOCANDO COMO MÚSICO DE APOIO PARA O "STYX" LENDÁRIA BANDA DE ROCK DE ARENA QUE COMEÇOU LÁ NOS ANOS 60 E NOS 80 FOI A PRIMEIRA BANDA DE ROCK A GANHAR QUATRO DISCOS TRIPLOS DE PLATINA POR SEUS RECORDES DE VENDAS DE SEUS HITS MELÓDICOS E BALADAS POP,O GOSTO FICA POR CONTA DO OUVINTE.COM CERTEZA VOCÊ SE TEM UM POUCO MAIS DE IDADE COMO EU JÁ DEVE TER NAMORADO NO CARRO OU EM OUTROS LUGARES AO SOM DE "BABE" !
TODD ESTUDOU MUITO ATÉ CHEGAR A UMA TÉCNICA INVEJÁVEL ONDE COMBINA O "TRADITIONAL" COM O "MATCH" GRIP =PEGADA DE JAZZ/PEGADA MODERNA!
COM UM EXCELENTE TRABALHO DE PEDAL DUPLO TAMBÉM E MUITA QUALIDADE E CRIATIVIDADE NOS ARRANJOS,TODD ACABOU SE TORNANDO UM MEMBRO FIXO DA BANDA EM 96 COM A MORTE DO BATERISTA ORIGINAL "JOHN PANOZZO" E SUA PERFORMANCE FOI RECONHECIDA COM O PRÊMIO DE MELHOR BATERISTA DE ROCK PELA MODERN DRUMMER MAGAZINE EM 2009 !
FALANDO DE TÉCNICA,ELE COMBINA MUITO BEM OS "CHOPS" DE TOQUES SIMPLES COM OS DE TOQUES DUPLOS E SUA MOBILIDADE PELA BATERIA É IMPRESSIONANTE!
SEU KIT É ENORME PORÉM NÃO É SÓ PRA FICAR BONITO NO PALCO,ELE USA REALMENTE TODO O SET E MUSICALMENTE SOA MUITO BEM!
NO SEUS SOLOS DE BATERIA VOCÊ PODE VER BEM A SUA TÉCNICA DE CAIXA NA PEGADA TRADITIONAL E TODO O SEU CONTEÚDO JAZZÍSTICO,ALIADO À MODERNIDADE DE MISTURAS DE PEDAL DUPLO E TAMBORES COM LEVADAS PESADAS E CRIATIVAS CRIANDO UMA ATMOSFERA QUE NOS LEVA AOS MELHORES MOMENTOS DA ERA DOS JAZZ/ROCK DRUMMERS COMO BILLY COBHAM E NARADA MICHAEL WALDEN!
ENFIM,SE VOCÊ É UM FÃ DE BATERIA BEM TOCADA E COM MUITA INFORMAÇÃO,NÃO PODE DEIXAR DE CURTIR O TRABALHO DESSE CARA! TEM MUITO MATERIAL DISPONÍVEL NA INTERNET E SE VOCÊ QUISER MAIS ELE LENÇOU 2 DVDs INSTRUTIVOS CHAMADOS "METHODS AND MECHANICS I &II" .EU RECOMENDO! NO MÍNIMO VAI TE INCENTIVAR A TOCAR MUITO MAIS A BATERIA!
PESSOAL,VOU DEIXAR AGORA VOCÊS COM OS LINKS E BOM DIVERTIMENTO!
E HAJA TODDYNHO HEIN?
BE PREPARED TO DIGIT MY LINKS

INTERVIEW
https://www.youtube.com/watch?v=Jwj9vWWmjEk

PLAYING FOR PEARL TEACHING TECHNIQUES
https://www.youtube.com/watch?v=3wyk8Yyr6zE
https://www.youtube.com/watch?v=K9j1ka9B7AI

TOUR DRUM SET FOR STYX 2015
https://www.youtube.com/watch?v=A8GYhh505XE

RECORDING SESSION TOUR KIT
https://www.youtube.com/watch?v=wOX757oQznI

SOLOING
https://www.youtube.com/watch?v=eDOCEdgVTOM
https://www.youtube.com/watch?v=Qfkl3JrJsV4
https://www.youtube.com/watch?v=Yo33zoFuq7E
https://www.youtube.com/watch?v=2SpOIjuXYHE

INSTRUCIONAL VIDEO TEASER
https://www.youtube.com/watch?v=cdYmAQT84O8

DRUM CAM LIVE FOR STYX
https://www.youtube.com/watch?v=PIPME4OFAE0

NUMBER ONE ROCK DRUMMER
https://www.youtube.com/watch?v=J8yWjs_MawE

BONHAM TRIBUTE
https://www.youtube.com/watch?v=X718KhStyWU

RETURN TO PARADISE FULL CONCERT
https://www.youtube.com/watch?v=Sg6ccWZJo4I


POWERFULL DRUM KIT 

POSING BEFORE KILLING

TRADITIONAL MOVES

POSING WITH "BIRTHDAY CAKE"

BIG ROOM,BIG TALENT,SMALL KIT !

PLAYING MATCH GRIP CAUSE IT´S TIME TO HAVE FUN !

IT´S BLACK,IT´S WHITE...

DON´T TRY TO FOLLOW ME!

TRICKS

LIVE FOR .....NOBODY?

PRO MARK SIGNATURE STICKS..."STYX"


"CIRQUE DU SOLEIL" GRIP

HOPE YOU ENJOY....
CHEERS,THANK YOU FOR READING
 AND THANX TODD!
KEEP DOING IT!














quinta-feira, 2 de março de 2017

FELIZ ANO NOVO! HAPPY NEW YEAR! 2017

 
2017 ! SEJA BEM VINDO! AQUI NO BRASIL,TERRA DO ZÉ CARIOCA,CARMEN MIRANDA(EMBORA PORTUGUESA DE NASCIMENTO)..O ANO SÓ COMEÇA APÓS O CARNAVAL! 
UM PAÍS QUE NÃO PRECISA DE FERIADOS,PRECISA SIM E URGENTEMENTE ANDAR PRA FRENTE,MAS QUE ESTÁ MESMO É ETERNAMENTE EM DESENVOLVIMENTO...DE PILANTRAGEM,CORRUPÇÃO,MALANDRAGEM,SACANAGEM,TRAMBIQUES E AFINS.
UM PAÍS ONDE AS LEIS SÃO FEITAS PROS BANDIDOS QUE TOMARAM TODAS AS ESFERAS DA SOCIEDADE E ONDE O POVO ESTÁ PRESO DO LADO DE FORA DOS PRESÍDIOS! UM PAÍS ONDE O LEMA D BANDEIRA:ORDEM E PROGRESSO É SEGUIDO à RISCA POR UM GRUPO DE PESSOAS: O CRIME ORGANIZADO!UM PAÍS ONDE SE DÁ INDENIZAÇÃO PRA PRESIDIÁRIO E SE COBRA IMPOSTOS ABUSIVOS A QUEM TRABALHA E CONTRIBUI PARA A SOCIEDADE COM SEU SUOR SEU PRECIOSO TEMPO DE VIDA E TALENTO,E QUE SÓ VAI SE APOSENTAR QUANDO ENTRAR PRA OUTRA DIMENSÃO APÓS A FALÊNCIA DE SEU CORPO TERRENO,FINITO E CASTIGADO PELA IRRESPONSÁVEL E DESUMANA FORMA DE ADMINISTRAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL DESSE PAÍS!UM PAÍS ONDE A IMAGEM DE PESSOAS CHORANDO APÓS A HUMILHAÇÃO DOS 1X7 NA COPA SE TORNA ÍNFIMA COMPARADA AO ESQUECIMENTO TOTAL DA IMAGEM MAIS MARCANTE DAQUELE EVENTO QUE FOI JUSTAMENTE O PONTAPÉ INICIAL DADO POR UMA REVOLUÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASILEIRA ONDE UMA PESSOA INCAPACITADA DE SEUS MOVIMENTOS PODE CHUTAR A BOLA ATRAVÉS DE UM EXOESQUELETO!COMO SE PODE VER,PERDEMOS A CHANCE DE MOSTRAR QUE SOMOS CRAQUES NUM AMBIENTE TÃO IMPORTANTE,CONCORRIDO E NECESSÁRIO PARA O DESENVOLVIMENTO DA HUMANIDADE E GANHAMOS A CHANCE DE MOSTRAR QUE NAQUILO QUE ACHAMOS QUE SOMOS BONS...!1X7. E É 1X7 MESMO,VEJA QUE SOMOS TÃO SOBERBOS E NOS ACHAMOS TÃO BONS NO FUTEBOL QUE O ATO FALHO DE DIZER 7X1 É PATÉTICO! CABE AOS ALEMÃES DIZER 7X1;A NÓS CABE "LEMBRAR" 1X7!
EXISTE UM DITADO CONHECIDO AQUI NO BRASIL ONDE DIZEMOS QUE O ANO SÓ COMEÇA DEPOIS DO CARNAVAL! POIS BEM HÁ MUITO O QUE FAZER PRA TRANSFORMARMOS A NOSSA VIDA NUMA VIDA MELHOR PRA NÓS E PRA TODOS OS BRASILEIROS,MAS PARECE ME QUE ESSE NÃO É O INTUITO AQUI ! A INTENÇÃO NÃO É TRAZER O OLHAR DO BRASILEIRO COMUM PARA O COLETIVO E SIM O CONTRÁRIO,TRAZER O OLHAR CADA VEZ MAIS PARA O SALVE-SE QUEM PUDER,OU SEJA O INDIVIDUAL! CRIANDO DIFICULDADES,PENALIDADES,TAXAS PARA O CIDADÃO COMUM,SEM NENHUM TIPO DE PROTEÇÃO,AS PESSOAS SE VÊEM PRESAS NA TAREFA E NA REALIDADE DE SALVAREM AS PRÓPRIAS PELES,SEM FORÇA NEM FOCO PARA ENTENDER E LUTAR PELO AMANHÃ DOS SEUS,E DOS NOSSOS IRMÃOS BRASILEIROS! O FUTURO É UMA REALIDADE DISTANTE E NÃO VISÍVEL PRA QUEM NÃO SABE SE SAI PRA TRABALHAR E VOLTA VIVO PRA CASA NO FIM DO DIA!
MESMO ASSIM,NÃO PODEMOS MISTURAR AS COISAS E ENTENDER QUE A FORMA DE COLONIZAÇÃO,DE MISTURA DE CULTURAS AQUI FOI PIONEIRA NO MUNDO JÁ QUE TIVEMOS INVASÕES NO PERÍODO COLONIAL COMO A DOS HOLANDESES POR EXEMPLO E A MAIS FAMOSA! ISSO JÁ ERA UM PRENÚNCIO DO QUE HOJE É UMA REALIDADE A FAMIGERADA GLOBALIZAÇÃO.MISTURA-SE TUDO,DILUI-SE TUDO E JUSTAMENTE AS DIFERENÇAS E CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DE CADA POVO SÃO ARREDONDADAS POR UMA COISA AMORFA E QUE CERTAMENTE NÃO CONTRIBUI PARA UMA EVOLUÇÃO NA MINHA VISÃO,MAS ISSO É PAPO PARA OS PROFISSIONAIS DA ÁREA! SÓ SEI QUE SE VOCÊ CHEGAR NA TAILÂNDIA E ESTIVER COM FOME,NÃO VAI ARRISCAR ENTRAR NUM RESTAURANTE TÍPICO TAILANDÊS E CORRE PRA UM McDONALD´S! ETA GLOBALIZAÇÃO DIVINA!
BOM RETORNANDO PRECISAMOS MESMO É VALORIZAR SIM AS NOSSAS RAÍZES,AS NOSSAS MÚLTIPLAS E REGIONAIS FORMAS DE CULTURA E SUA QUALIDADE E LEGADO EM TERMOS ARTÍSTICOS QUE É INDISCUTÍVEL E RECONHECIDA MUNDO AFORA!DISSO REALMENTE NÓS TEMOS QUE NOS ORGULHAR! SOMOS UM PAÍS CONTINENTAL E A QUALIDADE DE CALDO CULTURAL AQUI PRODUZIDA É MUITO DIVERSA E SIGNIFICANTE! COM RELAÇÃO A ISSO COMO SOU BATERISTA TENHO QUE RECONHECER QUE OS RITMOS AQUI CRIADOS E REPRESENTANDO CADA REGIÃO SÃO MUITO RICOS,INTERESSANTES E INSTIGANTES E COM RELAÇÃO AO SAMBA,NOSSO RITMO MAIS CONHECIDO,NEM SE FALA TENDO COMO PRINCIPAL MANIFESTAÇÃO O QUE JÁ É RECONHECIDO COMO O MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA..O CARNAVAL BRASILEIRO....BRASILEIRO PORQUE NÃO FOI INVENTADO AQUI E ELE EXISTE NO MUNDO TODO!
POIS BEM COM RELAÇÃO A ISSO EU DEIXO VOCÊS AQUI COM LINKS SOBRE TUDO O QUE ESCREVI LEMBRANDO QUE UMA BATERIA DE ESCOLA DE SAMBA É SIMPLESMENTE O SONHO DE QUALQUER BATERISTA:REPRODUZIR O MAIS ALTO E VIOLENTAMENTE POSSÍVEL UM RITMO FRENÉTICO,INSTIGANTE E RICO EM POSSIBILIDADES SOMANDO VÁRIOS TIMBRES E NUANCES NUMA SÓ PEÇA MUSICAL E QUE TEM UMA DURAÇÃO GRANDE!
PORTANTO,EU DESEJO A QUEM CHEGOU AO FIM DESSA LEITURA UM EXCELENTE 2017 E QUE POSSAMOS REESCREVER NO FUTURO UM ARTIGO COMO ESSE NUM BRASIL MUITO MAIS COLETIVO,SOLIDÁRIO,CULTO E MELHOR EM TODOS OS SENTIDOS!
E LONG LIVE ROCK´N ROLL QUE É DISSO QUE EU GOSTO MESMO! kkk



PROJETO ANDAR DE NOVO(MIGUEL NICOLELIS E EQUIPE)
https://www.youtube.com/watch?v=LO5pq1Qz334
https://www.youtube.com/watch?v=FbzjKZ7iBRg

SELEÇÃO ALEMÃ
https://www.youtube.com/watch?v=6X4HuRXD7ew
https://www.youtube.com/watch?v=ZpELFPii7i0
https://www.youtube.com/watch?v=qlZma9ao2Yc
https://www.youtube.com/watch?v=BANqEoOyp8g
https://www.youtube.com/watch?v=H4oAphWFS_s
https://www.youtube.com/watch?v=AWjNTd_-FAo



MESTRE ANDRÉ O CRIADOR DA PARADINHA!
https://www.youtube.com/watch?v=Z1nll5sfR5Q

https://www.youtube.com/watch?v=JRiIRHbN6zM

MESTRE GEORGE MARTIN FALANDO SOBRE RITMO EXALTANDO O BRASIL

https://www.youtube.com/watch?v=FI8sFGOp9Cs  

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

LUIZ CARLOS LOUZADA! A FERA DA BATERA!

LUIZ CARLOS LOUZADA,UM ÍCONE E EXPOENTE DA CENA UNDERGROUND BRAZUCA!ALÉM DE UM DOS GRANDES VOCALISTAS BRASILEIROS DE METAL  RESPEITADO MUNDIALMENTE,É UM ENTUSIASTA DA CENA!DONO DE SELOS DE GRAVAÇÃO RESPONSÁVEIS PELO LANÇAMENTO E CONSTRUÇÃO DA CARREIRA DE MUITAS BANDAS DE DIVERSOS ESTILOS DENTRO DO GÊNERO;AINDA ENCONTRA TEMPO PRA DAR SUAS CACETADAS(E QUE CACETADAS) EM VÁRIOS PROJETOS DE EXCELENTE QUALIDADE E ACLAMADOS POR CRÍTICA E PÚBLICO ESPECIALIZADOS!
COMO ESTE É UM BLOG COM DIRECIONAMENTO PRA BATERIA PESADA VAMOS FAZER O QUADRO "1,2,3,4,5,1000 PERGUNTAS PARA" LUIZ CARLOS LOUZADA COM ENFOQUE NA CARREIRA DELE COMO BATERA,PORQUE O CARA É O VERDADEIRO "FERNANDO PESSOA" DO UNDERGROUND E NA MINHA OPINIÃO DEVERIA USAR HETERÔNIMOS COMO O PRÓPRIO "PESSOA" PARA DISTINGUIR SUAS VÁRIAS FACETAS METÁLICAS kkkk!COMO AMIGO,COLEGA E FÃ POSSO DIZER QUE "BATATA" COMO CHAMAMOS CARINHOSAMENTE NOSSO HERÓI EM QUESTÃO;É UM BATERA DE MÃO CHEIA COM UMA PEGADA FORTE,PESADA,CARREGADA E QUE USA MUITO BEM PRATOS,TAMBORES E PEDAL DUPLO! GOSTO MUITO COMO ARRANJA PARA O INSTRUMENTO E JÁ TIVE OPORTUNIDADE DE SUCEDÊ-LO EM UM TRABALHO ONDE SINCERAMENTE PREFIRO OUVIR MIL VEZES A GRAVAÇÃO DELE DO QUE A MINHA!
OS OUTROS LADOS MUSICAIS E EMPREENDEDORES DO BATATA ESTÃO DISPONÍVEIS NA EXCELENTE ENTREVISTA CONDUZIDA PELO JPCARVALHO PARA O SEU BLOG HM BREAKDOWN CUJO LINK JÁ DISPONIBILIZO AQUI AGRADECENDO E ENALTECENDO ESSE BLOG  E SEU AUTOR: http://hmbreakdown.blogspot.com.br/2014/08/luiz-carlos-louzada-workaholic.html

ENTÃO AGORA COM VOCÊS......
1, 2, 3, 4, 5 MIL PERGUNTAS PARA LUIZ CARLOS LOUZADA!


01 - O QUE FOI QUE INSPIROU VOCÊ A TOCAR BATERIA?
LUIZ CARLOS LOUZADA – Definitivamente, minha maior inspiração foi justamente meu primo Eduardo Leal, baterista que integrou as bandas santistas Poseidon e Alarme Falso, na 1ª metade dos anos ’80. Imagina um pré-adolescente em plena época da ditadura militar, frequentando ensaios onde o R’n’R corria alto nos falantes!!! Vi poucos shows, infelizmente, já que naqueles tempos, praticamente inexistiam espaços com estrutura decente aqui na Baixada Santista, onde um “moleque” (como eu) pudesse ir curtir um show sem que meus pais enfartassem... Hahahahahaha!!!!!

02 - QUAIS OS BATERAS QUE INSPIRARAM VOCÊ NO COMEÇO DA CARREIRA?
LCL – Meu citado primo Eduardo Leal, claro, e “mestres” que ele me apresentou através de LPs de sua clássica coleção, que englobava trampos de Bill Ward, Neil Peart, John Bonham, Phil Rudd, Ian Paice, Herman Harebell, Alan White, Clive Burr, Peter Criss, Bill Bruford, entre vários outros, sendo que estes que mencionei, me ensinaram que um batera de Rock deve ter muita versatilidade, não se prendendo em apenas uma vertente do R’n’R, e muitas vezes “menos é mais”, saca? Por isso, ouvia desde os bateras que imaginariamente possuíam 6 braços, até os bateras com batidas mais simples, e que muitas vezes, tocando de forma “econômica”, criavam a “cama” para algumas músicas se tornarem clássicas graças aos demais arranjos (vocal, guitarra, baixo, teclados, etc...).

03 - DENTRO DO ROCK TEM ALGUMA PREFERÊNCIA DE ESTILO?
LCL – Hoje em dia Black Metal e Death Metal, sem sombra de dúvida. Mas não sou do tipo que “renega o passado”, portanto, ainda mantenho minha coleção de K-7s, LPs (e EPs) e VHS com tudo que foi a base para minha vida no Rock pesado. Digo isto, porque a partir da “era digital” (primeiro com os cds, depois os mp3, e hoje em dia, a música em streaming), a gente tem acesso à uma infinidade de coisas novas, mas sempre é bom relembrar o que nos “fez a mente” quando éramos moleques, tanto que recentemente, tive a estréia de um novo programa de webtv chamado “Vokills” justamente baseado neste foco.

04 - COMO FOI SUA PRIMEIRA EXPERIÊNCIA COMO BATERA EM SUA  PRIMEIRA BANDA E QUAL FOI?
LCL – Antes de realmente saber tocar bateria, eu me arriscava em gravações “caseiras”, com um projeto meio Metal, meio HC, que chamei de K.O.V., onde eu desempenhava todas as funções (isso mesmo, uma “one-man-band”). Isso era algo em torno de ’88. Mas tudo feito naquela época era ruim demais (Hahahahahahaha!!!!); ao mesmo tempo, também me envolvi num projeto chamado COLAPSO, mais voltado ao Heavy Metal, onde meu primo Ricardo Leal (irmão mais novo do Eduardo Leal) era o guitarrista/vocal. Esse material era um pouco melhor, em termos de composições e arranjos. Depois também me envolvi num outro projeto chamado SISTEMA NERVOSO, com um ex-colega de trabalho (cuja proposta era mais Punk Rock) e posteriormente, tive um projeto chamado FUCK PARASITES (voltado ao Grind/Noise) com o Antonio Damy (um camarada de colegial). Já em ’89, eu e o Antonio montamos o ANTI-PARASITAS (mais HC/Crust), com outros 2 amigos e passamos a levar o lance (um pouco) mais a sério. Mas ainda houve um outro projeto, entre ‘90/’91 que foi realmente, onde eu pude me considerar um aspirante a baterista; tratava-se do SLOW DEATH, com integrantes do CHEMICAL DISASTER & NO SENSE. Com este projeto fiz meus primeiros shows como baterista. Mas minha 1ª gravação em estúdio ocorreu justamente com o K.O.V. em 1993, projeto que remontei após o fim do Slow Death (em ’92), com caras que futuramente integraram bandas como ASMODEU, PRIMAL THERAPY, EXPLICIT REPULSION, etc... De lá pra cá, já perdi a conta de quantas gravações em estúdio já fiz... Hehehehehehe...

05 - VOCÊ TEM OU TINHA UMA ROTINA DE ESTUDOS OU TREINO? SE SIM, QUAL O TIPO DE TREINO OU MÉTODO USADO?
LCL – Sinceramente, nunca tive uma rotina de estudo ou treino. Sempre que me dava vontade de tocar batera (e eu não estava numa sala de ensaio), apelava para a “air drum” (kkkkkkkk), já que nunca tive uma bateria (sempre morei em apartamento). De início espancava almofadas, e com o passar do tempo, fui tendo mais de 1 banda, para ter como praticar batera mais vezes por semana. Cheguei a tocar em 3 ou 4 bandas simultaneamente, e na época, isso me deixava em dia com meu preparo físico, pois englobava ensaios e shows freqüentes. Hoje em dia, toco batera apenas em 1 grupo (no caso, o HIERARCHICAL PUNISHMENT, que mescla Death Metal e Grindcore).

***1000 - QUAL O KIT DE BATERA PREFERIDO? TEM PREFERÊNCIA POR ALGUMA MARCA, TAMANHO, COR? E PRATOS, QUAL O SET DE PRATOS QUE USA E QUAL A MARCA PREFERIDA?
LCL – Meu kit de batera preferido é de 6 peças: 3 tons (08”, 10” e 12”), 1 caixa (14”), 1 bumbo (22”) e 1 surdo (16”); de todas as marcas de batera que já usei gosto bastante do som da Pearl; no entanto, há quase 20 anos uso minha caixa da Mapex de Metal (aço) com pele UNO HD (da Evans) na batedeira. Não me ligo muito na cor, apesar de achar que som bagaça tem um visú mais from hell se for a cor da batera for escura (Hahahaha!!!). Quanto aos pratos, curto bastante a Sabian; meu chimbau B8 (bronze) de 14” dos anos ’90 falava MUITO alto nos shows (usei por mais de 15 anos o mesmo par, até rachar!), assim como meu ride de 20” (que tenho até hoje), e também usei muito um Splash de 10” deles; hoje uso um B8 Pro de 18” que é sensacional e um Mini Chinese AAX de 14”. Mas já tive um Thin Crash da Zildjian que me acompanhou por anos também, e não tenho problemas com marcas nacionais, tanto que usei bastante um Power Crash de 18” (Solo Pro) e atualmente tenho um Rock Crash de 19” (Rage Bass) e um chimbau de 15” da Série Personalidades (Bacalhau), todos da Orion e que dão um ótimo resultado, principalmente ao vivo.

07 - COMO TRABALHA OS ARRANJOS DE BATERA? VARIAM DE ACORDO COM AS BANDAS? E O KIT TAMBÉM VARIA?
LCL – Normalmente, eu sempre ouço a sugestão do compositor da música, de como ele gostaria de ouvir a batera, no que diz respeito às levadas para cada andamento que existir. A partir daí eu coloco em prática e aos poucos vou elaborando as passagens intermediárias e viradas (e ataques); vez ou outra sugiro andamentos diferentes do original, pois nem sempre quem compõe uma base legal imagina uma batera com detalhes e opções. E isto funcionou em todos os grupos por onde já passei; quanto ao kit de batera, exploro sempre as 6 peças que citei, com 5 tipos de cymbals: 1 ride, 1 chyna type, 2 crash (que podem variar de tamanho, ou apenas de marca/série, o que já proporciona uma variação de timbre) e 1 chimbau.

08 - CONTE-NOS COMO TEM SIDO O TRABALHO AO LONGO DO TEMPO EM TERMOS DE COMPOSIÇÃO E GRAVAÇÃO DAS SUAS DIVERSAS BANDAS! MUDOU MUITO COM O PASSAR DOS ANOS?
LCL – Sim, e como mudaram... Nos anos ’90, o baterista tinha que ter a música inteira completamente decorada e muito bem ensaiada, antes de gravar, pois raramente era possível fazer edições. Hoje em dia, basta seguir um “mapa” e, mesmo sem estar 100% seguro do que irá ser gravado, é possível usar a técnica do “copy/paste” (copiar e colar), assim como colocar a batera no “grid” (p/corrigir oscilações de tempo), então, tem muita bateria que a gente ouve num cd, e aí quando vemos o músico ao vivo, não ficamos muito satisfeito com o desempenho... Hehehehehehe! A tecnologia trouxe benefícios, mas deixou muitos bateras preguiçosos... Quanto ao processo de composição nos grupos que já toquei, é muito comum um integrante chegar na sala de ensaio com a música “montada” (com começo, meio e fim) e durante os ajustes de arranjo feitos com a banda toda, ensaiando e opinando, fechamos o arranjo quando a voz já estiver com todas as divisões. Mas, claro, sempre há exceções; o ideal é que todos do grupo fiquem satisfeitos, pois um comentário do tipo: “Gostei mais ou menos”, significa que o cara não curtiu, então é necessário mexer até tudo se ajustar, ou simplesmente, começar do zero uma composição e esquecer a idéia que não estava funcionando.

09 - COMO ANALISA A CENA UNDERGROUND BRASILEIRA DURANTE A SUA CARREIRA?
LCL – O Brasil sempre foi um celeiro de bandas de som pesado, isso desde os anos ’70. E obviamente, que o “melhor” sempre encontrou-se no underground. Quem não frequenta shows de bandas pequena, acaba ouvindo apenas grupos mainstream, e deixa de conhecer ótimos músicos, que não tiveram a mesma projeção de mídia, que uma banda grande consegue ter. E não me refiro apenas à execução do instrumentista, mas principalmente, o fácil acesso à ele (para trocar idéias e experiências musicais), já que na cena underground, público e músico, é tudo a mesma coisa (não existe uma “barreira”). Por isso frequento shows de bandas onde eu possa ver um músico esmerilhando um instrumento, e na seqüência ir bater um papo com ele, ao passo que tem gente que só curte ir em show de “medalhão”. Como músico, aprendi muito mais nos últimos 20 anos, conversando com outros músicos de bandas da cena undeground, principalmente observando técnicas e aplicações em som porrada.

10 - QUAL A VISÃO DO "UNDERGROUND BRASILEIRO" PARA OS ESTRANGEIROS QUE ENCONTRARAM EM SUAS TURNÊS NO EXTERIOR?
LCL – Quando excursiono com o Vulcano, onde sou vocalista há 8 anos (incluindo 2 passagens anteriores), converso com muitos bateristas que gostariam de excursionar no Brasil, um país “exótico” aos olhos dos gringos, mas no fundo, imagino que eles enfrentariam muitos “perrengues” por aqui, pois a estrutura oferecida à um baterista no Brasil, é muito inferior ao que encontramos lá fora, onde em 95% dos shows, a batera é TODA microfonada, independente do tamanho da casa de shows e da quantidade de público no recinto. Já no Brasil, é muito raro em um show underground, a bateria ser microfonada, e quando há algum microfone disponível (normalmente 1 pro bumbo, e às vezes 1 p/a caixa), ainda esbarramos na falta de estudo técnico de quem está “responsável” pela mesa de som. Por isso que ver um show de banda underground na Europa, o som normalmente está bacana, e no Brasil, normalmente a bateria ta “abafada” pelos amplificadores de guitarra e baixo, além das caixas de voz. Claro que não me refiro à shows que faço com o Vulcano, que possuem uma estrutura diferente (melhor); citei como exemplo a grande maioria de shows da cena underground, onde o som é tiipico como se fosse de um “ensaio aberto”. O grande lance é que na Europa, até mesmo as casas pequenas de shows possuem TODO o equipamento necessário para que o áudio seja o melhor possível. Aqui no Brasil, um bar muitas vezes só se preocupa em ter uma mesinha, uma potencia, 2 PAs (meia-boca) e 1 ou 2 microfones... Mas isso tudo faz com que nossas bandas sejam muito mais guerreiras! Hehehehehe!

11 - COMO SÃO EM GERAL AS TURNÊS ESTRANGEIRAS E QUAIS OS PAÍSES DE MAIOR IDENTIFICAÇÃO COM O VULCANO?
LCL – Quando viajo para fora do país com o Vulcano, felizmente sempre somos muito bem recebidos e temos a estrutura necessária para realizarmos ótimos shows, noite após noite, independente se a tour é de 2, 3 ou 4 semanas. Não nego que, de vez em quando, pode pintar alguma “pseudo-roubada”, mas pra quem ralou no underground brasileiro, a gente “tira de letra” qualquer situação inesperada (e nada melhor que o dia seguinte, depois de uma noite drástica! Hahahahahaha!). Por todos os mais de 25 países por onde já toquei na última década, fica difícil responder qual país pode ter mais identificação com o Vulcano, já que o publico underground é muito fiel à banda, de uma forma geral. Mas ainda existem países que não visitamos, e que possuímos fãs, que nos enviam mensagens pedindo shows (como México, Argentina, Polônia, Rússia, Grécia, China...) e, como em toda 1ª vez ao tocar num país, a gente sempre se surpreende...

12 - COMO ANALISA O BRASIL(COMO PAÍS/POVO) EM MODO GERAL E QUAL A SUA PERCEPÇÃO DO QUE OS GRINGOS ACHAM DO BRASIL?
LCL – Temos muito o que aprender com os gringos em termos de educação/respeito e toda vez que voltamos de uma tour, chegamos em casa mais ranzinzas, pois sabemos que por aqui, nada muda. Os problemas sociais ficam escancarados enquanto os governantes fingem que fazem o possível para cuidar da nação. A palavra “segurança” só tem peso em época de campanha eleitoral e por aí vai... Já os gringos, sabem de tudo que é ruim que acontece por aqui, e mesmo assim são muito esperançosos de que tudo ficará melhor. Não passamos nos tempos modernos, por guerras que dizimaram nosso povo (como ocorreu com paises europeus, por exemplo), mas nossa guerra social com o narcotráfico e a criminalidade, no fim das contas, mata tanto quanto um conflito militar...

13 -  NO QUE SE BASEIA PARA ESCREVER AS LETRAS?
LCL – Costumo escrever letras apenas no CHEMICAL DISASTER, banda Death Metal que formei há 26 anos atrás, e que já traz na bagagem 4 álbuns, várias demos e participações em coletâneas. Procuro falar sobre assuntos do dia-a-dia, numa perspectiva pessimista (por isso faço o “Metal da Morte”); no passado, o Chemical Disaster já teve letras com conteúdo mais from hell (talvez minha influencia Black Metal tenha ficado em evidência), mas hoje em dia, acho que é possível ter letras mais condizentes ao próprio nome do grupo (“desastre químico”).

14 - VOCÊ LÊ COM FREQUÊNCIA? SE SIM,QUAL LIVRO, REVISTA, BLOG, EDITORIAL QUE RECOMENDA?
LCL – Leio muito na Internet, mas quase sempre textos ligados à música, principalmente entrevistas com bandas e resenhas de cds. No passado, lia muito livro (ficções), HQ e revista especializada em música (sou fanático por zines também!). Hoje em dia, com minha vida ultra-corrida, mal tenho tempo de assistir à um tele-jornal, que dirá parar para ler algo mais extenso... É o preço de se ficar velho e tentar fazer mil coisas ao mesmo tempo.

 15 - QUAL A RELAÇÃO DAS BANDAS COM O SEU PÚBLICO E COMO VÊ O
COMPORTAMENTO E O PAPEL DO PÚBLICO NA TRAJETÓRIA DAS BANDAS?
LCL – Uma banda que não se preocupa com seu público corre o risco de cair no esquecimento. Um músico, um dia foi fã, e muitas vezes, um fã, um dia pode se tornar músico. E nada mais gratificante para um músico do que ter seu trabalho reconhecido, portanto, numa situação dessas, o músico por obrigação, deve ter respeito com seu público. Que por sua vez, quando apóia realmente uma banda, comparece em shows e adquire os produtos oficias da banda, que é uma parte da sustentação financeira de toda a máquina artística. Já que, para produzir e gravar, uma banda tem despesas de estúdio na maioria das vezes. E há cada dia que passa, menos condições de suporte uma gravadora tem como oferecer aos artistas...

16 - VOCÊS TEM OUTRA ATIVIDADE ALÉM DAS BANDAS?
LCL – Além de fazer parte de 4 bandas (que possuem regularidade de ensaios, shows e gravações), trabalho em horário administrativo (de 2ª à 6ª feira), no departamento de programação comercial de uma emissora de tv regional. Também nos meus horários de folga, administro 2 gravadoras (Violent Records e Bagaça Records), que juntas já editaram mais de 50 títulos no mercado (sendo que cuido de todos os “passos”, até mesmo a parte de Internet, estoque, lançamentos, distribuição...). Em conjunto com a produtora JustDesign, apresento 3 programas diferentes no webchannel Rock TV (“Trinca dus Inferno”, “Violent Review” e “Vokills”). E ainda dou atenção à minha família, que é a base do que sou. Mas seria muito bom se o dia tivesse 30 horas, a semana tivesse 10 dias, o mês 40 dias, etc... Hehehehehehe...

17 - VOCÊ TEM ALGUM INTERESSE EM OUTRO TIPO DE ARTE? JÁ TEVE EXPERIÊNCIA EM ALGUM OUTRO TIPO DE ARTE?
LCL – Sou péssimo desenhista! Ta aí algo que seria interessante um dia me dedicar e, quem sabe, agregar esta arte visual. Isto porque graças à música, pude melhorar meu lado escritor (compondo letras), e ainda o lado cênico (me aventurando na experiência de trabalhar com um canal de webtv ou mesmo com performances de palco, sendo vocalista).

18 - CONTE-NOS SE POSSÍVEL, SOBRE OS SEUS PRÓXIMOS PASSOS!
LCL – Neste exato instante, estou com o VULCANO gravando o novo álbum de estúdio (que trará 10 músicas), e ainda espero o lançamento do trabalho anterior cujo áudio foi concluído no início do ano: “The Awakening of an Ancient and Wicked Soul – A Trilogy” que só não saiu ainda, por conta de um vídeo que virá junto com o áudio (segundo palavras do Zhema, o vídeo complementará visualmente o conceito musical deste ep), que sairá em mini-cd e talvez em plataforma digital também. Na próxima semana começo a gravar o 2º álbum do HIERARCHICAL PUNISHMENT, que terá em torno de 10 ou 11 músicas. O CHEMICAL DISASTER está finalizando as composições que farão parte do split-cd que pretendemos lançar ano que vem, com nossos amigos do WAR-HEAD (Thrash/Death da Croácia); este split-cd servira´de “aperitivo” para nosso próximo álbum de estúdio. E, para o próximo ano, o KILL MISTER (onde tambem sou vocalista) deve gravar algo, pois o que começou como uma banda tributo ao Motörhead, tornou-se um grupo autoral, mesclando nossas influencias Metal/Rock dos anos ’70 e ’80. Com a Violent Records e Bagaça Records, tenho 7 lançamentos para os próximos meses, de grupos como Sengaya, Atrito Urbano, Resurrector, Shadows Hell, Infector Cell, Imminent Chaos, Dysasther, entre outros na “fila”... Devo gravar a 2ª demo do LIBERTARYA, projeto que tenho com o César Antunha (guitarrista do Dark Witch), onde sou vocalista (com letras em português, e altamente ácidas politicamente falando, e direcionamento Heavy Metal, com meu típico vocal gutural). Pode ser também que a Asgard Entertainments (produtora da minha esposa, onde costumo ajudá-la) volte a produzir eventos, mas itinerantes, atendendo à um pedido do público local, que gostaria de ver shows de bandas da cena unerground em casas diferentes da região. 

19 - CONSIDERAÇÕES FINAIS!!

LCL – Muitíssimo obrigado, meu camarada, por abrir espaço para falar não apenas sobre um determinado assunto, mas sim, explorar bastante do que faço, seja com meu empenho por trás de um kit de batera, ou falando sobre as experiências à frente de um grupo, sendo vocalista, ou mesmo ainda, podendo comentar sobre meu envolvimento com o mercado fonográfico (com meus 2 selos), etc... Long Live the Loud!


LOUZADA LINKS


https://pt-br.facebook.com/luizcarlos.louzada.7

Violent Records
www.violentrecs.yolasite.com
https://soundcloud.com/violent-records
https://www.youtube.com/user/violentrecs
https://twitter.com/violentrecords
www.violentrecs.blogspot.com.br
https://myspace.com/violentrecs

Bagaça Records
www.bagacarecs.blogspot.com.br

Vulcano
https://pt-br.facebook.com/VULCANOMETAL/
www.vulcanometal.com
https://vulcanometal.bandcamp.com/
https://myspace.com/vulcanobrazil

Chemical Disaster
https://www.facebook.com/chemicaldisasterband/
https://chemicaldisaster.bandcamp.com/
https://myspace.com/chemicaldisasterband
https://itunes.apple.com/us/album/third-world/id1032002617

Hierarchical Punishment
https://www.facebook.com/hierarchicalpunishmentband/
http://www.soundclick.com/bands/default.cfm?bandID=600438
www.purevolume.com/hierarchicalpunishment
https://myspace.com/hierarchicalpunishment
www.last.fm/music/Hierarchical+Punishment

Asgard Entertainments
https://m.facebook.com/asgardentertainments/
www.asgardentertainments.blogspot.com.br

RockTV
https://www.facebook.com/rocktvbrazil
https://www.youtube.com/channel/UCx4tRU0B5IhOVqscv2qINTw/videos

KILLMISTER
http://baixadametal.blogspot.com.br/2016/08/kill-mister-projeto-com-membros-do.html
https://www.facebook.com/KillMister-717184548293817/




                                                             SLOW DEATH 1991


PLAYING FOR "BLIND"
 

PLAYING FOR "CARNAL DESIRE"

PLAYING FOR "PREDATORY"

PLAYING FOR "PREGUH"

PLAYING FOR "REPULSÃO EXPLÍCITA"


BUSINESSMAN FOR LABELS

"ROCK TV"  PROJECTS

ALBUNS

 

AS LUIZ USE TO SAY: LONG LIVE THE LOUD!!